Observabilidade
Governo

Governo de Ruanda aumenta o bem-estar da nação com a melhoria na coleta e na análise de dados graças ao Elastic Observability

Análise rápida de dados do governo em tempo real

A Elastic Consulting e a Cooperação Alemã para o Desenvolvimento (GIZ) formaram uma parceria para projetar e implantar uma solução de monitoramento e avaliação que permite ao governo de Ruanda tomar decisões importantes sobre projetos de saúde pública e proteção social com base em análises em tempo real.

Proteção para a igualdade de gênero e pessoas vulneráveis

O governo de Ruanda pode ajustar as políticas que ajudam a melhorar o bem-estar da população, incluindo a redução da violência doméstica e o aumento das vacinações contra a Covid-19, por meio de insights de dados fornecidos pela Elastic.

Progresso acelerado na direção das metas de sustentabilidade e desenvolvimento

A melhoria na agregação e na análise de dados fornece melhores informações que permitem ao governo de Ruanda tomar medidas mais ativas na direção das metas de sustentabilidade e desenvolvimento do país.

A GIZ e a Elastic ajudam a acelerar os projetos do governo de Ruanda que apoiam a igualdade de gênero, protegem pessoas vulneráveis e promovem avanços na vacinação contra a Covid-19.

A Rwanda Information Society Authority (RISA) é uma instituição governamental criada em 2017 com a missão de digitalizar o país e usar a tecnologia da informação e comunicação (TIC) para dar apoio à população em áreas como negócios, educação e saúde.

A transformação de um país com uma das maiores densidades populacionais da África Subsaariana está bem encaminhada. A agricultura é o maior empregador, mas a produção e a atividade industrial aceleraram nos últimos anos. O turismo também está crescendo rapidamente. Centenas de milhares de pessoas visitam Ruanda todos os anos para observar gorilas-das-montanhas na natureza, rastrear animais selvagens e fazer trilhas em meio à paisagem vulcânica do país.

O governo de Ruanda intensificou seus esforços para fazer a economia crescer, aumentar o número de crianças no ensino médio e melhorar os resultados de saúde para uma população de 13 milhões de pessoas. Também estabeleceu metas ambiciosas de sustentabilidade e está implementando novas medidas para proteger a população de desastres naturais, incluindo inundações, deslizamentos de terra e terremotos.

A RISA desempenha um papel vital no apoio a essas iniciativas, ajudando o governo a alocar recursos de tecnologia da maneira mais eficaz possível. Uma de suas principais responsabilidades é o Centro de Comando do Governo (GCC, pelas iniciais em inglês), que prepara dashboards de dados para mensurar os resultados do projeto em relação aos principais indicadores de desempenho (KPIs).

Antoine Sebera, diretor de Inovação do Governo da RISA, diz: “Dados confiáveis e ferramentas analíticas versáteis são cruciais. Precisamos de evidências concretas para provar o valor dos investimentos sociais e econômicos e direcionar os recursos para onde eles tenham maior impacto.”

Historicamente, o GCC foi prejudicado pela falta de automação. Os departamentos do governo tinham de fazer upload de arquivos de planilhas para que os dados pudessem ser revisados por uma equipe de especialistas e apresentados às autoridades. “Precisávamos de uma abordagem mais flexível que nos permitisse tomar decisões críticas com base na análise em tempo real”, diz Sebera. “Também queríamos introduzir maior estrutura e governança para que pudéssemos conectar várias fontes de dados.”

Essa visão exigia que o GCC fosse reformulado do zero. Sebera viu isso como uma oportunidade de ir além de uma plataforma de inteligência de negócios padrão para uma que oferecesse análise de dados e relatórios mais sofisticados.

Queríamos criar um hub de dados multifuncional que pudesse atender a vários casos de uso em educação, proteção social e quaisquer outros que identificássemos.

– Antoine Sebera, Diretor de Inovação do Governo da RISA
© GIZ/Agricomm

© GIZ/Agricomm

Montando uma equipe de projeto de especialistas em dados digitais

Sebera e seus colegas da RISA recorreram à GIZ, que emprega mais de 200 pessoas em Ruanda. Financiada pelo Ministério Federal Alemão para Cooperação e Desenvolvimento Econômico, a GIZ trabalha há anos com o governo de Ruanda, apoiando as metas de transformação digital e desenvolvimento sustentável estabelecidas pelas Nações Unidas.

Sebera discutiu o projeto com Olaf Seidel, ex-chefe do Centro de Transformação Digital de Ruanda. “Vi rapidamente o potencial da visão da RISA para uma revisão completa do GCC e como isso poderia contribuir para a economia e o bem-estar do povo ruandês”, disse Seidel.

Um dos primeiros passos de Seidel envolveu a composição de uma equipe de especialistas em dados. Isso incluiu Thomas Wiemann, que trabalha com a RISA e a GIZ como gerente de programa de Digitalização do Governo em Ruanda.

Wiemann e sua equipe avaliaram uma variedade de soluções de observabilidade, mas apenas a Elastic atendeu a todos os requisitos obrigatórios, incluindo dashboards de autoatendimento, conectores de gerenciamento de big data para muitas fontes de dados e custo acessível. “A Elastic combina recursos sofisticados com um modelo de licenciamento flexível para que possamos explorar e implantar o ambiente com risco financeiro mínimo”, diz Wiemann.

Pela sua experiência, Wiemann sabia que o projeto imporia demandas diferentes ao software em comparação com outras implantações da Elastic. “Diferentemente de projetos de dados gigantescos para suporte a um único caso de uso, estávamos analisando muitos cenários diferentes com volumes de dados menores”, diz ele.

Essa implantação exclusiva exigia um parceiro de implementação igualmente capaz. Após um processo de licitação aberto, a Comsense e seu parceiro de negócios Aptude foram selecionados com base em sua experiência em gerenciamento e visualização de dados e na capacidade de convocar uma equipe de mais de 100 engenheiros remotos para projetos internacionais. Por cerca de 18 meses, Wiemann trabalhou em estreita colaboração com Sagar Babar, cofundador e CEO da Comsense, para arquitetar, testar e implantar a nova solução do GCC.

A Comsense e a Aptude entregaram a solução no início de 2022. O Elasticsearch forma a espinha dorsal da arquitetura, tendo o Logstash para ingestão e enriquecimento de logs e outros dados. O Kibana também é amplamente utilizado para a criação de dashboards customizados. A configuração é executada em clusters do Elasticsearch hospedados localmente, usando nós do provedor de serviços em nuvem AOS, que fornece todos os serviços de nuvem para o governo de Ruanda.

Usando a Elastic, podemos combinar todos os dados de KPI do governo em um único dashboard inteligente. Em vez de ser simplesmente uma inteligência de negócios tradicional, trata-se de um sistema de monitoramento e avaliação que a RISA pode usar para avaliar o progresso para os resultados, detectar gargalos e identificar efeitos não intencionais de um projeto.

– Sagar Babar,, cofundador e CEO da Comsense

Wiemann também enfatiza o papel desempenhado por Philipp Kahr, arquiteto da Elastic Consulting que ajudou a GIZ a abandonar ferramentas e serviços legados e reduzir seu custo total de propriedade (TCO). Durante uma série de sessões de treinamento com a equipe da GIZ, Kahr demonstrou como ingerir e modificar dados no Kibana, antes de aplicar visualizações que respaldam insights práticos. Ele também orientou a equipe no processo de enriquecimento de pontos de dados com dados geo para determinar os locais com maior potencial para gerar melhores resultados.

Wiemann diz: “Em comparação com a implantação anterior do GCC, o Elastic é mais aberto, escalável e mais fácil de integrar. O dashboard exibe dados agregados em tempo real, mostrando os fatores de risco que precisam de uma resposta. Também é muito mais fácil criar e customizar os dashboards, especialmente para os indicadores de desenvolvimento sustentável de Ruanda.”

Transformando a sociedade, energizando a economia

Em apenas alguns meses, a nova solução da Elastic estava apoiando vários projetos importantes de transformação nacional.

Um projeto envolvia a organização do governo de Ruanda encarregada de promover a igualdade de gênero e a segurança de grupos vulneráveis. “Eles poderão fazer melhor uso de seus dados, identificar conjuntos de dados ausentes e fornecer dashboards relacionados à igualdade de gênero e à proteção infantil”, diz Sebera.

Com esses insights sobre igualdade de gênero e segurança de grupos vulneráveis, eles podem aumentar a conscientização pública sobre questões sociais e tomar medidas para ajudar a melhorar o bem-estar da população, incluindo a redução da violência doméstica.

– Antoine Sebera, Diretor de Inovação do Governo da RISA

O app ruandês de chatbot para Covid-19, chamado Mbaza, é outro exemplo de agregação e análise de dados em ação. O app pode ser usado para acessar informações sobre taxas de incidência, medidas recomendadas a serem seguidas em caso de infecção e para consultar as restrições e regulamentos mais recentes.

O Elastic é usado para monitorar os dados do app, incluindo o uso de diferentes idiomas e qual provedor de telecomunicações é usado com mais frequência ao acessar o app. As informações são usadas para moldar o desenvolvimento do projeto e a política governamental, incluindo a criação de versões em outros idiomas e a divulgação do app por meio de diferentes fornecedores.

Uma compilação, muitas implantações

A rapidez na percepção de valor em todos os projetos também foi impressionante. “Levando em consideração os resultados dessas iniciativas e o feedback entusiasmado dos usuários, o Elastic Observability começou a fornecer valor mensurável em cerca de seis meses após a implantação”, diz Wiemann.

Olhando para o futuro, Sebera vê um potencial quase ilimitado para a solução da Elastic e está trabalhando com a GIZ e a Elastic Consulting para identificar outros casos de uso que se beneficiarão dos dashboards e da avançada análise de dados. Isso inclui traçar cenários de inundação em relação aos hospitais para entender melhor a capacidade de leitos e direcionar as pessoas para o melhor hospital de acordo com a localização e disponibilidade.

Outros cenários incluem acompanhar o crescimento populacional e construir novas escolas de acordo com as tendências demográficas. O mapeamento de agricultura é outra possibilidade, permitindo que os agricultores aumentem o valor de suas colheitas, incluindo café, banana, arroz e trigo.

Gostamos de pensar na solução da Elastic como “inteligência de negócios como serviço”, na qual não precisamos criar um novo sistema para cada caso de uso. Implementamos a infraestrutura básica e, quando um órgão governamental precisa de nossa ajuda, podemos nos adaptar às necessidades da iniciativa.

– Antoine Sebera, Diretor de Inovação do Governo da RISA

No geral, Sebera vê o Elastic Observability como um marco importante na jornada de Ruanda para se tornar uma sociedade digital com mais empregos em cargos mais bem remunerados. “A Elastic agora desempenha um papel central na mensuração de nossas metas nacionais de sustentabilidade e desenvolvimento”, diz ele. “Estamos muito orgulhosos do que alcançamos com a experiência da GIZ e da Comsense. Juntos, estamos ajudando a melhorar o bem-estar da população, incluindo proteção social, transformação econômica e direitos humanos.”