News

Amazon: NÃO ESTÁ TUDO BEM — por que tivemos de mudar o licenciamento da Elastic

Recentemente, anunciamos uma mudança na licença: veja o post do blog e as perguntas frequentes. Publicamos algumas orientações adicionais sobre a mudança na licença esta manhã. Eu queria compartilhar por que tivemos de fazer essa mudança.

Essa foi uma decisão incrivelmente difícil, especialmente com a minha formação e o meu histórico em torno do open source. Eu levo nossa responsabilidade muito a sério. E, para ficar claro, essa mudança provavelmente não terá efeito nenhum sobre vocês, nossos usuários. Não tem efeito sobre nossos clientes que se relacionam conosco na nuvem ou no local. Seu objetivo, felizmente, é bastante claro.

Então, por que a mudança? AWS e Amazon Elasticsearch Service. Eles têm feito coisas que não achamos certas desde 2015, e isso só piorou. NÃO ESTÁ TUDO BEM. Se não os enfrentarmos agora, como uma empresa de sucesso e líder de mercado, quem o fará?

Nossa mudança na licença tem o objetivo de impedir que as empresas peguem os nossos produtos Elasticsearch e Kibana e os forneçam diretamente como um serviço sem colaborar conosco.

Nossa mudança na licença vem depois de anos acreditando que a Amazon/AWS vem agindo de forma enganosa e confundindo a comunidade — já chega.

Nós tentamos todos os meios disponíveis, incluindo vias judiciais. Entretanto, com o comportamento contínuo da AWS, decidimos mudar a nossa licença para que possamos nos concentrar no desenvolvimento de produtos e na inovação, não no litígio.

O comportamento da AWS nos forçou a dar esse passo e não é com ânimo leve que o fazemos. Se eles não tivessem agido como agiram, não teríamos essa discussão hoje.

Achamos que o comportamento da Amazon é incompatível com as normas e valores que são especialmente importantes no ecossistema open source. Nossa esperança é usar a nossa presença no mercado para enfrentar isso agora, a fim de que outros não enfrentem esses mesmos problemas no futuro.

No mundo open source, as marcas comerciais são consideradas uma forma excelente e positiva de proteger a reputação do produto. As marcas comerciais têm sido usadas e aplicadas largamente. São consideradas sagradas pela comunidade open source, desde pequenos projetos até fundações como a Apache e empresas como a RedHat. Então, imaginem nossa surpresa quando a Amazon lançou seu serviço em 2015 com base no Elasticsearch e o chamou de Amazon Elasticsearch Service. Consideramos que essa é uma violação de marca comercial bastante óbvia. NÃO ESTÁ TUDO BEM.

Eu fiz um empréstimo pessoal para registrar a marca comercial Elasticsearch em 2011 acreditando nessa norma no ecossistema open source. Ver a marca comercial ser usada indevidamente de forma tão descarada foi especialmente doloroso para mim. Nossos esforços para resolver o problema com a Amazon falharam, obrigando-nos a abrir um processo. NÃO ESTÁ TUDO BEM.

Vimos que esse problema de marca comercial confunde os usuários, que pensam que o Amazon Elasticsearch Service é, na verdade, um serviço fornecido em conjunto com a Elastic, com a nossa bênção e colaboração. Isso simplesmente não é verdade. NÃO ESTÁ TUDO BEM.

Quando o serviço foi lançado, imaginem nossa surpresa ao ver o CTO da Amazon tweetar que o serviço foi lançado em colaboração conosco. Não foi. E ao longo dos anos, ouvimos repetidamente que essa confusão persiste. NÃO ESTÁ TUDO BEM.

amazon-cto-tweet-license-change.jpg

Quando a Amazon anunciou sua bifurcação Open Distro for Elasticsearch, eles usaram um código que acreditamos ter sido copiado do nosso código comercial por um terceiro, que o forneceu como parte do projeto Open Distro. Acreditamos que isso dividiu ainda mais a nossa comunidade e gerou ainda mais confusão.

Veja mais sobre isso aqui. NÃO ESTÁ TUDO BEM.

Recentemente, encontramos mais exemplos do que consideramos ser um comportamento que desafia a ética. Nós nos diferenciamos com recursos proprietários e agora vemos esses designs de recursos servindo de “inspiração” para a Amazon, o que nos diz que seu comportamento continua e está ainda mais descarado. NÃO ESTÁ TUDO BEM.

Nós colaboramos com os provedores de serviços em nuvem, incluindo Microsoft, Google, Alibaba, Tencent, Clever Cloud e outros. Mostramos que podemos encontrar uma maneira de fazer isso. Até trabalhamos com outras partes da Amazon. Estamos sempre abertos para fazer isso; só precisa estar tudo bem.

Eu acredito nos valores centrais da comunidade open source: transparência, colaboração, abertura. Criando excelentes produtos para o benefício de usuários em todo o mundo. Coisas incríveis foram e continuarão a ser desenvolvidas usando o Elasticsearch e o Kibana.

E, para ficar claro, essa mudança provavelmente não terá efeito nenhum sobre vocês, nossos usuários. E não terá nenhum efeito sobre nossos clientes que se relacionam conosco na nuvem ou no local.

Nós criamos o Elasticsearch; ninguém se preocupa mais com ele do que nós. É o trabalho da nossa vida. Nós vamos acordar todos os dias e fazer mais para levar a tecnologia adiante e inovar em nome dos usuários.

Obrigado pela atenção. Se tiver mais dúvidas ou quiser mais esclarecimentos, leia aqui ou entre em contato conosco pelo e-mail elastic_license@elastic.co.

Obrigado. É um privilégio estar nesta jornada com você.