Releases

O que há de novo no Elastic Enterprise Search 7.11: novo rastreador da Web e Box como fonte de conteúdo

Temos o prazer de mostrar as melhorias mais recentes na versão 7.11 do Elastic Enterprise Search, nosso pacote de produtos que oferece experiências de busca pré-ajustadas e fáceis de implementar para seus apps, websites e equipes internas. Uma ótima notícia para o Elastic App Search é a introdução do novo rastreador da Web, um mecanismo poderoso e eficiente para indexar todo o seu conteúdo da Web voltado para o público. No Elastic Workplace Search, mais uma vez ampliamos a nossa biblioteca de integrações pré-criadas de fontes de conteúdo com a inclusão do Box e também aprimoramos a relevância e a segurança para o Jira e o Confluence. Vamos ver mais alguns detalhes sobre as novidades e como isso complementa a facilidade de uso, a capacidade de personalização e a força geral por trás da construção de experiências de busca com o Enterprise Search.

Boas-vindas ao rastreador da Web

Vem aí os sistemas de rastreamento — o novo rastreador da Web do App Search (beta na versão 7.11) é um mecanismo conveniente e eficiente para indexar o conteúdo do seu website voltado ao público. Estamos entusiasmados com o novo rastreador da Web, que é o resultado de um grande trabalho de planejamento e desenvolvimento.  

O App Search já era uma maneira simples e poderosa de adicionar busca aos seus websites, com APIs flexíveis, relevância pré-ajustada e dashboards intuitivos. Com a inclusão do rastreador da Web, ficou mais fácil do que nunca indexar o seu conteúdo. Basta identificar o conteúdo da Web que você gostaria de indexar, customizar algumas configurações de rastreamento para configurar pontos de entrada ou definir regras para qualquer conteúdo que você gostaria de excluir e deixá-lo trabalhar.

O novo rastreador da Web no Elastic App Search

Conforme afirmamos anteriormente, o rastreador da Web está sendo introduzido em beta. Entretanto, estamos animados para continuar desenvolvendo sua funcionalidade, tornando-o mais escalável, personalizável e observável. Experimente hoje mesmo e conte-nos o que achou.

Mais uma nova fonte de conteúdo pré-criada para o Workplace Search: Box

Independentemente de quais ferramentas populares de armazenamento, produtividade e colaboração suas equipes usem, o Workplace Search oferece uma série de integrações de fontes de conteúdo prontas para uso. Temos a satisfação de dar as boas-vindas ao Box na nossa família de fontes de conteúdo. O Box é tão personalizável, seguro, conveniente e fácil de conectar quanto todas as outras fontes de conteúdo pré-criadas do Workplace Search.

Tela de resultados do Workplace Search, agora com o Box como fonte de conteúdo

Quer suas equipes usem o Box ou outras ferramentas de armazenamento em nuvem, como Google Drive, OneDrive ou Dropbox, o Workplace Search permite que você se conecte facilmente. Em uma única busca, você pode ver resultados relevantes e unificados em várias ferramentas diferentes, tudo em uma interface moderna e filtrável. E como acontece com todas as fontes de conteúdo adicionadas ao Workplace Search, seu administrador pode usar um controle deslizante simples (não é preciso codificar nada) para ajustar a priorização das fontes. Algumas equipes usam o Box mais intensamente do que outras? Basta aumentar a relevância para o Box e talvez diminuir a relevância dos resultados das ferramentas menos usadas. 

Melhor relevância e segurança para o Jira e o Confluence

Nem todo conteúdo é criado — ou compartilhado — igualmente. Alguns conteúdos precisam ser compartilhados com indivíduos ou grupos explicitamente nomeados. O acesso no nível do documento a esses arquivos torna-se ainda mais crítico quando eles estão facilmente disponíveis para serem buscados. Na versão 7.11, o Elastic Workplace Search agora inclui permissões no nível do documento para o Jira Cloud e o Confluence Cloud da Atlassian. As mesmas permissões definidas nas aplicações de origem são sincronizadas pelo Elastic Workplace Search, tornando a experiência de busca mais relevante, segura e personalizada.

Analítica expandida do comportamento do usuário

Com a versão 7.11, o Elastic Enterprise Search expande os dados do Workplace Search disponíveis para análise com a introdução da API de eventos para capturar a analítica do comportamento do usuário na construção de experiências de busca customizadas ou integradas.

O Workplace Search agora oferece mais dados para complementar os dados de cliques e consultas disponíveis anteriormente. Por exemplo, os usuários agora podem criar dashboards do Kibana para determinar as consultas de conteúdo do local de trabalho mais populares e a taxa de cliques (CTR) nesse conteúdo. Consultas altas e CTRs baixos fornecem uma visão imediata de exatamente qual conteúdo precisa ser atualizado, atualizado ou excluído. É possível contar com uma variedade de visualizações, como documentos clicados no topo, período do dia mais ativo, principais consultas sem cliques e usuários mais ativos, apenas para citar algumas.

Experimente!

Quem já trabalha com o Elastic Cloud pode acessar o Enterprise Search diretamente no console Elastic Cloud. Ainda não usa o Elastic Cloud? Dê uma olhada em nossos guias Quick Start — pequenos vídeos de treinamento para você começar rapidamente — e então comece uma avaliação gratuita de 14 dias do Elastic Enterprise Search. Ou baixe as versões autogerenciadas do App Search ou do Workplace Search gratuitamente.
  • We're hiring

    Work for a global, distributed team where finding someone like you is just a Zoom meeting away. Flexible work with impact? Development opportunities from the start?