Releases

Elastic 7.10 é lançado com snapshots buscáveis em versão beta e a disponibilidade geral do Kibana Lens

É com grande satisfação que anunciamos a disponibilidade geral do Elastic 7.10. Esta versão traz um amplo conjunto de novos recursos para as nossas soluções Elastic Enterprise Search, Observability e Security, construídas com base no Elastic Stack — Elasticsearch, Kibana, Beats e Logstash. A versão 7.10 traz novos recursos significativos para o mercado, transformando a maneira como nossos clientes e usuários podem fazer escolhas conscientes entre custos, desempenho e profundidade dos dados com os snapshots buscáveis. O Elastic Enterprise Search facilita a conexão com o Slack e com os sandboxes da Salesforce. O Elastic Observability dá as boas-vindas aos novos recursos de monitoramento e sintetização da experiência do usuário. O Elastic Security está automatizando a detecção e a priorização de ameaças complexas com a versão beta das regras de correlação e das regras de correspondência de indicadores da Event Query Language (EQL). A versão 7.10 também dá as boas-vindas à disponibilidade geral do Kibana Lens, uma ferramenta poderosa de arrastar e soltar para visualizar e analisar dados.

Também continuamos aprimorando os recursos do Elastic Cloud, o melhor local para implantar o Elastic Stack e nossas soluções. Nos últimos meses, lançamos uma nova experiência de introdução específica para cada solução e aprimoramos a conformidade com o acesso aos logs de auditoria. E, é claro, o Elastic 7.10 já está disponível no Elastic Cloud — a única solução hospedada do Elasticsearch a incluir todos os novos recursos da versão 7.10. Ou você pode baixar o Elastic Stack e nossos produtos de orquestração em nuvem — Elastic Cloud Enterprise e Elastic Cloud for Kubernetes — para ter uma experiência autogerenciada.

Esta é uma versão em pacote, e compartilhamos abaixo alguns de seus principais destaques. Para obter o resumo completo dos recursos, leia os posts do blog que tratam de cada produto e solução individualmente. Aqui, vamos apresentar uma visão geral.

Aprofunde a busca empresarial com mais fontes de conteúdo e usabilidade aprimorada na nuvem

Expanda o acesso ao conteúdo com conectores para Slack e sandboxes da Salesforce

Atualmente, o trabalho acontece no Slack. É onde compartilhamos arquivos, nos conectamos com funcionários remotos (ou aqueles que estão sentados a dois metros de distância) e colaboramos em projetos grandes e pequenos. Com a versão 7.10, o Workplace Search agora oferece suporte para o Slack como um conector para que conversas importantes apareçam ao lado de outros conteúdos relacionados ao trabalho em uma única caixa de busca simples e moderna, baseada na tecnologia da Elastic.

Quando o Workplace Search foi lançado, o Salesforce foi incluído como um conector pronto para uso. Na versão 7.10, o Workplace Search agora oferece suporte para os ambientes sandbox do Salesforce, dando a desenvolvedores e analistas acesso ao conteúdo do Salesforce antes de colocá-lo em produção.

slack-search-result.png

Nova integração com o Slack no Workplace Search

Simplifique o acesso com login único para Elastic Enterprise Search e Elastic Cloud

Os clientes adoram o Elastic Cloud por suas experiências exclusivas para implantação, operação e redimensionamento de soluções e produtos da Elastic na nuvem. Com a versão 7.10, os usuários do Elastic App Search e do Workplace Search agora podem entrar em suas contas usando as credenciais do Elastic Cloud. Esse aprimoramento se aplica às experiências tanto do cliente quanto de novas avaliações, para que qualquer pessoa possa acessar rapidamente suas implantações do Elastic Enterprise Search tendo um nome de usuário e senha a menos para gerenciar.

Aumente os controles com segurança no nível do documento para mais conectores do Workplace Search

À medida que mais conteúdo se torna disponível para busca no seu local de trabalho, a necessidade de ter segurança aprimorada para os documentos também aumenta. Na versão 7.10, o Workplace Search inclui suporte para permissão no nível do documento para gerenciar o acesso ao SharePoint Online, ao OneDrive e ao Microsoft 365 com base nos atributos de um indivíduo ou da equipe.

Faça buscas em todo o conteúdo das suas aplicações e nos registros históricos do local de trabalho sem estourar o orçamento, usando buscas em armazenamentos de objetos como o S3 com snapshots buscáveis

Os casos de uso de busca empresarial também se beneficiarão dos novos recursos dos snapshots buscáveis que estão sendo lançados no Elastic Stack. Você poderá armazenar todo o conteúdo arquivado e histórico com possibilidade de busca e sem estourar o orçamento, independentemente de estar dando suporte a quantidades muito maiores de conteúdo de aplicações ou fazendo buscas em registros organizacionais históricos em armazenamentos de objetos seguros como o S3. Fique ligado(a) para saber mais detalhes em lançamentos futuros.

Conheça todos os outros novos recursos do Elastic Enterprise Search no post do blog sobre o lançamento do Enterprise Search 7.10.

Expanda a observabilidade com monitoramento e sintetização da experiência do usuário, capacitando os desenvolvedores a testar, mensurar e otimizar as jornadas do usuário

Conte com melhores recursos para mensuração e otimize a qualidade do serviço digital com o monitoramento da experiência do usuário

O sucesso de uma empresa depende da qualidade de suas experiências digitais. Estamos apresentando o monitoramento da experiência do usuário — por meio do User Experience, um novo app dedicado no Kibana — para ajudar os desenvolvedores e proprietários de websites a mensurar, monitorar e compreender o desempenho e a qualidade de seus websites conforme a experiência de seus usuários finais. 

O app User Experience permite monitorar as principais métricas de experiência do usuário, incluindo os principais Web Vitals. Além disso, com ele você pode explorar o desempenho por atributos do usuário, como tipo de conexão, tipo de dispositivo (incluindo variantes), sistema operacional, navegador e muito mais. Por fim, o app ajuda a entender quem está visitando o seu website por coortes definidas, para que você possa tomar decisões baseadas em dados quanto a qual otimização terá o maior impacto. 

qg0.png.gif
O novo app User Experience

Identifique problemas em caminhos de transação cruciais antes que um usuário os veja com testes de jornada de várias etapas

Como você pode testar e otimizar um novo caminho de interação sem usar os usuários reais como cobaias? Como as equipes geram uma linha de base limpa de desempenho e funcionalidade? Apresentamos as verificações de jornada em várias etapas para o Elastic Uptime, que vão ajudar a simular fluxos de usuário complexos e mensurar o desempenho. Com as verificações de jornada em várias etapas, o Elastic Uptime está dando um grande salto no espaço do monitoramento sintético para fornecer às equipes ferramentas de monitoramento proativo significativamente expandidas.

Os desenvolvedores podem escrever seu teste como uma jornada com script, usando princípios semelhantes aos que usam para escrever testes funcionais. A execução pode ser localmente para um teste funcional ou em produção e usado como um teste sintético para sistemas ativos. Os resultados do teste são mostrados no app Uptime com um detalhamento passo a passo dos snippets de código em execução, o status da execução e uma captura de tela da UI quando os testes são executados. As verificações de várias etapas são a primeira de muitas atualizações incríveis da Elastic que virão no espaço de monitoramento sintético. Fique ligado(a) para saber mais.

Detecte problemas comuns de infraestrutura sem configuração manual usando os novos trabalhos de detecção de anomalia com apenas um clique

A infraestrutura está ficando mais complexa. É difícil manter o controle sobre a integridade de milhares de hosts ou centenas de milhares de containers. Nos últimos lançamentos, adicionamos uma série de recursos que usam machine learning para automatizar ou melhorar fluxos de trabalho de observabilidade comuns. Na versão 7.10, estamos desenvolvendo mais esse tema com a introdução da detecção de anomalia pronta para uso, que detecta automaticamente se um host ou pod do Kubernetes está apresentando sintomas incomuns como pico de CPU, tráfego de saída anômalo, vazamentos de memória e outros.

Anomalias detectadas por trabalhos de machine learning também aparecem na visualização do mapa de infraestrutura no app Metrics, facilitando a localização de um container ou espaço de nome problemático em meio a uma infinidade de recursos. Estamos introduzindo uma linha do tempo histórica no app Metrics. Assim, os usuários podem ver a linha do tempo completa de alertas e anomalias de todo o pool de recursos, facilitando a identificação de tendências e padrões.

Faça buscas em anos de logs, métricas e traces de APM de forma fácil e econômica com snapshots buscáveis em armazenamentos de objetos como o S3

Diga adeus à restauração! Com o novo recurso de snapshots buscáveis que está sendo lançado como uma versão beta no Elastic Stack, você poderá consultar diretamente anos de dados arquivados em armazenamentos de objetos como o S3, sem ter de passar pelo processo lento e caro de restaurar índices de snapshots antes de fazer uma busca. Com esse novo recurso, você pode optar por reduzir custos, mantendo um bom desempenho em suas consultas de busca e guardando grandes quantidades de dados.

Conheça mais detalhes de todos os novos recursos no post do blog sobre o Elastic Observability 7.10.

Possibilite que as equipes de segurança automatizem a detecção e a priorização de ameaças complexas

Baixe o tempo médio de detecção (MTTD) e reduza a fadiga dos alertas com as regras de correlação e correspondência de indicadores da EQL

Com a versão 7.10, as equipes de segurança podem implementar regras de correspondência de ameaças usando EQL (em beta) para comparar com os indicadores de ameaças, além de regras de correlação com base em comportamentos e técnicas de ataque. O resultado? Alertas priorizados e de alta fidelidade para ameaças complexas. Automatize a detecção de ataques em vários estágios e, por meio da correlação com alertas de regras de correspondência de ameaças, priorize ainda mais os eventos que envolvam ativos críticos ou usuários de alto risco.

illustrated-screenshot-SIEM.png
Ative as regras de correlação e as regras de correspondência de indicadores para baixar o MTTD

Proteja seus usuários remotos e da nuvem com detecções pré-criadas para Azure, Google Cloud e Zoom

As equipes de SecOps e DevOps/DevSecOps agora podem obter controle sobre a postura de segurança de seus ambientes de infraestrutura na nuvem com as regras de detecção do Google Cloud e do Azure e os trabalhos de machine learning recém-adicionados. Além disso, a versão 7.10 fornece novas regras de detecção do Zoom para ajudar a proteger os trabalhadores remotos de ameaças oportunistas que buscam novos vetores de ataque.

Amplie a visibilidade da sua superfície de ataque em constante mudança com novas integrações de dados

Elimine pontos cegos com integrações para várias ferramentas e tecnologias comuns de TI e segurança, incluindo Cisco Umbrella, Juniper SRX, Microsoft 365 Defender, SIP e Zoom. Além disso, integrações para 12 fontes adicionais de dados de segurança, incluindo Proofpoint, F5, Snort, CyberArk, Citrix e Barracuda, agora estão disponíveis em caráter experimental.

Prepare caçadores de ameaças e analistas com anos de fontes de dados de segurança de alto volume em armazenamentos de objetos como o S3, facilmente acessíveis por meio de snapshots buscáveis

Colete dados de alto volume relacionados à segurança, como IDS, NetFlow, DNS, PCAP ou dados de endpoint, em maior escala e mantenha-os acessíveis por mais tempo do que antes era viável, graças aos snapshots buscáveis e a novas opções de armazenamento que reduzem os custos e preservam a capacidade de busca. Opções de camada de dados cold possibilitadas por armazenamentos de objetos como o Amazon S3 otimizarão os custos, enquanto os snapshots buscáveis permitem a análise contínua para caça a ameaças e análise de segurança.

Saiba todos os detalhes no post do blog sobre o Elastic Security 7.10.

Reduza os custos de armazenamento sem comprometer o desempenho e visualize os dados com a facilidade de arrastar e soltar

Faça buscas em mais dados com snapshots buscáveis e armazenamento durável de baixo custo como o S3, enquanto reduz seus custos de armazenamento em 50% ou mais usando camadas de dados

Com o tempo, os dados tendem a crescer e se expandir. O custo de armazenamento desses dados também aumenta, até que os clientes optam por excluir os dados para economizar custos. Na Elastic, vemos isso como um desafio a ser resolvido. Como fazemos isso? Formalizando as camadas de dados, uma abordagem simples e integrada que dará aos clientes controle completo sobre a otimização para custo, desempenho e profundidade de dados, a fim de orientar suas decisões críticas de negócios, aumentar a receita e/ou reduzir custos. 

Na versão 7.10, anunciamos a versão beta de um novo recurso crucial do Elastic Stack, os snapshots buscáveis, que nos permitirá fornecer camadas de dados em versões futuras. Os snapshots buscáveis permitem que os clientes armazenem e busquem conteúdo de maneira econômica, mesmo quando for colocado em uma camada cold ou frozen que utilize armazenamentos de objetos de baixo custo, como Amazon S3, Azure Storage ou Google Cloud Storage. Os snapshots buscáveis possibilitarão a criação de uma nova camada cold, que proporcionará economia de até 50% em relação a uma camada warm, e uma camada frozen futura, que permitirá a busca exclusivamente em armazenamento estilo S3 de baixo custo.

Leia tudo sobre nossa visão dos snapshots buscáveis em um post dedicado aqui.

Visualize seus dados mais rapidamente com o Kibana Lens, agora com disponibilidade geral

Onze meses atrás, revelamos uma maneira nova e inovadora de ajudar você a visualizar rapidamente seus dados com o lançamento beta do Kibana Lens. Com uma interface intuitiva de arrastar e soltar para você investigar visualmente seus dados no Elasticsearch, o Lens foi rapidamente adotado pela comunidade Elastic como uma ferramenta de análise visual de dados revolucionária. Adicionamos uma série de novos recursos ao Lens, como visualizações de mapa de árvore, controles de formatação e até mesmo a capacidade de usar vários índices na mesma análise. Temos a satisfação de anunciar que, com a versão 7.10, o Lens está com disponibilidade geral. 

Queremos que os usuários da Elastic em todos os lugares saibam que estamos comprometidos com a jornada contínua de fazer do Kibana uma experiência de analítica visual de dados incrível para todos, independentemente de sua formação técnica. Com a disponibilidade geral, queremos que todos os nossos clientes adotem o Kibana Lens, mesmo com aplicativos de missão crítica como operações de segurança e monitoramento de infraestrutura digital, confiantes de que obterão suporte total para produção amparado por um SLA.

gif-kibana-lens-710-shortened.gif
O Kibana Lens está com disponibilidade geral na versão 7.10.

Crie um caminho dos dados à ação decisiva com detalhamentos do dashboard para apps da Web no Kibana

O objetivo de toda solução que oferece coleta e análise de dados é ajudar as pessoas a encontrar uma agulha no palheiro e também permitir que tenham uma visão geral que os padrões e tendências podem revelar em visualizações de dashboard agregadas. A próxima etapa crucial é agir para aproveitar esse insight. Este conceito de tornar os dashboards práticos e úteis tem sido um foco constante para o Kibana. Na versão 7.10, estamos lançando a capacidade de criar caminhos de navegação para apps da Web usando URLs que podem até incluir parâmetros de dados.

E se um analista de segurança pudesse, com um único clique, ter acesso a um menu suspenso oferecendo vários caminhos para vários apps da Web para realizar ações diferentes? Talvez eles possam cair diretamente em uma solução de gateway de segurança com parâmetros críticos sendo passados. Talvez seja necessária mais investigação, e a próxima melhor etapa seja criar um novo tíquete no ServiceNow. Os detalhamentos de URL abrem caminhos ilimitados para tornar os dashboards do Kibana práticos e úteis.

Leia sobre esses recursos e muitos outros no post do blog sobre o Kibana 7.10 e no post do blog sobre o Elasticsearch 7.10.

Integre-se ao Elastic Cloud rapidamente, economize dinheiro e implante em mais lugares

Otimize para seu caso de uso usando novas implantações específicas para cada solução, audite o acesso aos seus dados usando logs de auditoria e atualize mais facilmente

As alterações no fluxo de trabalho de criação da implantação no console do Elastic Cloud tornam mais fácil selecionar e provisionar implantações otimizadas para o seu caso de uso. Depois de selecionar uma solução, o Elastic Cloud provisiona recursos de infraestrutura (armazenamento, computação e RAM) que são otimizados para a implantação dessa solução. Os usuários podem personalizar ainda mais suas configurações para casos de uso especiais. 

Os clientes também se beneficiarão das melhorias no gerenciamento contínuo de seus ambientes. Ao permitir que os usuários enviem seus logs e métricas para uma implantação separada e dedicada, o Elastic Cloud permite que os usuários auditem o acesso a suas implantações, identifiquem e alertem sobre problemas de integridade do sistema ou solucionem e resolvam consultas de busca lentas em suas próprias implantações, tudo usando recursos do Elastic Observability.   

Por último, os clientes agora podem tirar proveito de atualizações simplificadas com apenas um clique ao mudar para uma nova versão, atualizando todos os componentes do Elastic Stack juntos.

Em breve: duplique a densidade do seu armazenamento ou economize até 50% nos custos com a nova camada cold no Elastic Cloud, baseada em snapshots buscáveis e armazenamentos de objetos como o S3

Há muito tempo o Elastic Cloud permite que os clientes mantenham snapshots da implantação em armazenamentos de objetos como o Amazon S3. Com a nova camada cold gerenciada, que conta com snapshots buscáveis, os clientes poderão economizar até 50% em seus custos de armazenamento de dados, usando os mesmos snapshots periódicos que já geram em vez de réplicas de produção para garantir a durabilidade dos dados. Esse novo recurso será lançado em breve.

As camadas de dados revelam novas oportunidades para os clientes que buscam um equilíbrio entre a análise de dados e os custos de armazenamento. Alguns clientes poderão analisar mais dados com o mesmo orçamento. Outros poderão continuar a analisar a mesma quantidade de dados e se beneficiar de custos mais baixos. 

Implante a Elastic do seu jeito com três novas regiões adicionais e a nova certificação Red Hat OpenShift Operator para Elastic Cloud on Kubernetes

Agora os usuários do Elastic podem executar suas implantações em mais de 40 regiões do Elastic Cloud. Essas regiões abrangem a AWS, o Google Cloud e o Microsoft Azure. Desde a nossa versão 7.9, lançada em agosto, adicionamos suporte para três novas regiões, incluindo AWS Mumbai e Azure Iowa e Nova Gales do Sul. Acesse a nossa página de regiões para ver todas as regiões compatíveis.

Boas notícias para os clientes da Elastic e da Red Hat: temos o prazer de anunciar que o Elastic Cloud on Kubernetes agora é um Red Hat OpenShift Operator.

Para ficar por dentro de todas as novidades do Elastic Cloud, confira o post do blog sobre o que há de novo no Elastic Cloud.

E sempre tem mais...

Muito mais. Confira os posts dos blogs de produtos e soluções individuais para saber os detalhes de tudo o que adicionamos à versão 7.10:

Soluções da Elastic

Lançamento do Elastic Enterprise Search 7.10.0

Lançamento do Elastic Observability 7.10.0

Lançamento do Elastic Security 7.10.0

Elastic Stack

Lançamento do Elasticsearch 7.10.0

Lançamento do Kibana 7.10.0

Elastic Cloud

What’s new in Elastic Cloud for 7.10 (O que há de novo no Elastic Cloud para a versão 7.10)

ElasticON Global 2021

Join us at ElasticON Global for free!

Our biggest event of the year is back Oct 5-7. Take your organization's search, observability, or security capabilities to a whole new level.