Releases

O que há de novo no Elastic Observability 7.12: correlações de APM e suporte nativo para o OpenTelemetry

A versão 7.12 do Elastic Observability já chegou! Acelere a análise de causa raiz com correlações no Elastic APM. Monitore dispositivos de baixo consumo de energia facilmente com o suporte para ARM nos Beats e no Agent. Simplifique as arquiteturas de ingestão com suporte nativo para o OpenTelemetry — agora para traces e métricas — no Elastic Observability. Reduza o custo total de propriedade com redimensionamento automático no Elastic Cloud e snapshots buscáveis no nível frozen. Esses são apenas alguns dos benefícios que você poderá aproveitar na versão 7.12. 

Experimente a versão mais recente do Elastic Observability no Elasticsearch Service no Elastic Cloud oficial (uma avaliação gratuita de 14 dias está disponível). Ou instale a versão mais recente do Elastic Stack para uma experiência autogerenciada e use muitos desses recursos no nível gratuito e aberto. 

E agora, sem mais delongas, vamos examinar alguns dos destaques. 

Revele automaticamente os principais responsáveis por lentidão nas aplicações e erros com correlações no APM

O Elastic APM introduz as correlações, um novo recurso que analisa as transações das aplicações com altas latências e erros, expondo automaticamente fatores (como a versão do serviço, metadados da infraestrutura etc.) que estão altamente correlacionados com essas transações de baixo desempenho. Com esse recurso, os usuários podem ver instantaneamente mais detalhes sobre a causa raiz do baixo desempenho durante fluxos de trabalho reativos de solução de problemas, ajudando a reduzir o tempo médio para a resolução. Esse recurso também auxilia nos fluxos de trabalho proativos, ajudando os proprietários das aplicações a identificar áreas de melhoria contínua para a experiência do usuário final. 

Por exemplo, ele pode revelar que uma determinada versão do serviço está altamente correlacionada com o baixo desempenho. Ou que um determinado cliente é representado demais em transações com erros. Esses insights são destacados na UI do APM e ajudam os engenheiros a afunilar as próximas etapas de sua investigação. 

apm-correlations.gif

Construídas com base na agregação de termos significativos no Elasticsearch, as correlações de APM comparam as tags nessas transações com altas latências e erros do conjunto de transações completo e identificam automaticamente as tags e metadados que são “incomumente comuns” nas transações subótimas, ou seja, elementos que são significativamente mais comuns em transações subótimas do que no conjunto de transações completo. O limite padrão para lento é o 75º percentil, mas pode ser customizado. As tags incluídas na análise são rótulos customizados, infraestrutura e versão de serviço para os serviços de backend e rótulos customizados, sistema operacional e tipo de cliente para serviços de frontend. 

Leia mais sobre esta e outras atualizações de APM na documentação.

Acompanhe as demandas dinâmicas — automagicamente — com redimensionamento automático no Elastic Cloud

Muitos clientes do Elastic, como a Audi, escolhem o Elastic Cloud para executar e gerenciar suas implantações da Elastic porque ele simplifica significativamente as operações com recursos como atualizações com apenas um clique, modelos de implantação e muito mais. Temos a satisfação de introduzir o redimensionamento automático no Elastic Cloud, tornando-o uma opção ainda mais atraente para as organizações. O redimensionamento automático era um dos recursos mais solicitados pela comunidade de observabilidade, que buscava maneiras fáceis de acompanhar as demandas dinâmicas sem pagar a mais pela capacidade máxima. 

cloud-enable-autoscaling.png

Sempre foi fácil redimensionar o seu cluster para mais ou para menos no Elastic Cloud — basta mover um controle deslizante ou fazer uma chamada de API. Com o redimensionamento automático, isso ficou ainda mais simples. Ative o redimensionamento automático (por meio de uma caixa de seleção na UI ou programaticamente por meio de uma chamada de API/CLI), e o Elastic Cloud redimensionará automaticamente a capacidade para acompanhar as demandas dinâmicas do cluster. Os usuários também podem definir limites máximos para evitar surpresas. 

cloud-configure-autoscaling.png

O redimensionamento automático está disponível atualmente para nós de armazenamento de dados e machine learning, e será expandido para outros tipos de nó no futuro. 

Leia mais sobre essas atualizações no post sobre o que há de novo no Elastic Stack.

Monitore sua infraestrutura baseada em ARM com suporte para ARM nos Beats e no Agent

As arquiteturas ARM há muito dominam o mercado de dispositivos móveis e IoT devido à sua eficiência energética e portabilidade. Nos últimos anos, o ARM também vem ganhando força na computação em nuvem no lado do servidor. A AWS introduziu várias instâncias do EC2 baseadas em ARM; a Microsoft e o Google Cloud parecem estar aderindo à tendência em breve. 

Seguindo nossa filosofia de “estar onde nossos usuários estão”, é com grande entusiasmo que lançamos o suporte para arquiteturas baseadas em ARM em todo o Elastic Stack, incluindo os Beats e o Elastic Agent. Os clientes com servidores ou dispositivos que executam o ARM agora podem usar os Beats ou o Elastic Agent para coletar dados de integridade e desempenho a fim de monitorar seus endpoints. Muitos usuários estão apenas começando a trabalhar com computação baseada em ARM e estão em ambientes híbridos. Agora esses usuários podem monitorar sua infraestrutura do ARM junto com o resto da infraestrutura em uma stack unificada. 

Gostaríamos de deixar um agradecimento especial à comunidade de IoT, que adotou organicamente o Elastic Stack como uma plataforma flexível e escalável para monitoramento de borda. Agora esses usuários podem executar os Beats e o Agent na borda, simplificando ainda mais suas arquiteturas de ingestão. 

Suporte nativo para o OpenTelemetry 

O OpenTelemetry está emergindo como a camada de coleta padronizada para dados de observabilidade, tendo sido desenvolvido para permitir que as organizações instrumentem seus apps de maneira aberta e independente de fornecedor. Temos o prazer de anunciar o suporte nativo para o OpenTelemetry no Elastic Observability, possibilitando que as organizações enviem dados coletados por agentes do OpenTelemetry diretamente para suas implantações da Elastic. Além de reduzir o esforço dos usuários para a adoção do OpenTelemetry em sua arquitetura existente da Elastic, isso também simplifica a arquitetura. 

Estamos entusiasmados por dar mais um passo adiante no nosso suporte para o OpenTelemetry. Em julho de 2020, lançamos o exportador do OpenTelemetry Collector para Elastic, uma camada de tradução entre os agentes do OpenTelemetry e o Elastic APM. Com a inclusão do suporte nativo (marcado como um recurso experimental na versão 7.12), eliminamos a necessidade de instalar e gerenciar esse componente extra, e os usuários agora podem enviar dados diretamente de seus agentes do OpenTelemetry para o servidor do Elastic APM. 

O suporte nativo para o OpenTelemetry está disponível atualmente para o Elastic Observability em implantações autônomas autogerenciadas. A disponibilidade para o Elastic Cloud e o ECE virá em breve. 

Mas espere... porque ainda tem mais! 

A camada frozen, agora em prévia técnica, permite que os usuários busquem diretamente nos dados de armazenamentos de objetos de baixo custo, como Amazon S3, Google Cloud Storage e Microsoft Azure Storage. Imagine ser capaz de fazer buscas em anos de dados de logs sem a necessidade de reidratá-los de um arquivo. 

E para melhorar a experiência do usuário na execução de tais tarefas de longa duração no Kibana, estamos adicionando a possibilidade de “salvar a busca em segundo plano”. Agora você está livre para enviar suas consultas de longa duração para o segundo plano, o que libera o Kibana para outras análises e trabalhos exploratórios. 

Leia sobre esses recursos e outros destaques do Elastic Stack no post de anúncio do Elastic 7.12.


O lançamento e o tempo de amadurecimento de todos os recursos ou funcionalidades descritos neste documento permanecem a exclusivo critério da Elastic. Os recursos ou funcionalidades não disponíveis atualmente poderão não ser entregues dentro do prazo previsto ou nem chegar a ser entregues.

  • We're hiring

    Work for a global, distributed team where finding someone like you is just a Zoom meeting away. Flexible work with impact? Development opportunities from the start?